oncontextmenu='return false'>

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz Ano Novo

Tentei fazer um post com uma retrospectiva do meu ano de 2011, mas como o post iria ficar enorme a conclusão que eu cheguei para resumir tudo foi...
Eu tenho muito mais a agradecer do que a pedir! 
Obrigada Deus! Obrigada Universo! 
Desejo a todos um 2012 MARAVILHOSO!! 


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O Meu Natal

O meu Natal foi simplesmente maravilhoso, fiz tudo que estava com saudades, compras de natal com a minha mãe, ajudei a preparar a ceia, decorei a mesa e curti esse natal como nunca curti antes, quis chegar antes justamente pra sentir aquela correria pré-natal ao som de Roberto Carlos cantando “Hoje é um novo dia
Celebramos o natal aqui em casa eu, mamis e minha avó, alguns amigos vieram nos visitar e para o ano novo virão os meus primos então será mais animado, estou tentando passar o maximo de tempo com a minha avó que tem Alzheimer e nem se lembra que eu já não moro mais aqui, mas mesmo assim eu conto pra ela onde estou morando e quantas coisas estão acontecendo na minha vida porque sei que se ela estivesse lúcida estaria muito feliz por mim.
Como é bom estar ao lado de quem se ama, que saudade que eu estava do abraço e feliz natal da minha mãe!Ai Roberto Carlos olha eu falando de você de novo mas é que são tantas emoções!
A sensação que tenho é que nunca saí daqui, dizer que não me acustumaria a viver no Brasil novamente seria uma grande mentira as diferenças entre um país e outro são muitas é logico mas  Brasil é o Brasil e a Suécia é a Suécia comparações diminuindo o país que até ontem foi minha casa não fazem minha cabeça, os problemas desse país são grandes, mas também tem MUITA coisa boa, fazer o que eu gostcho!
Ando fazendo tantas coisas que o tempo está voando, dentista, rever amigos, curtir a família e arrumar o meu quarto que ficou cheio de tralhas que não servem pra nada, eu ainda não terminei, mas até agora já separei 4 sacolas enormes de roupas que eu não usava e nunca vou usar para doar, dei tudo sem arrependimento nenhum. O sol está de lascar, confesso que abusei do sol e judiei da minha pele, mas foi inevitável ficar horas com meus priminhos jogando vôlei e brincando com eles na areia.
Espero que todos que passam por aqui tenham tido um natal abençoado cheio de luz e com muito amor!



sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal ! God Jul !

Desejo a todos os que passam por aqui um natal abençoado, cheio de luz, paz e muito amor no coração.
Não importa onde e com quem estejam comemore e agradeça por tudo pois o aniversariante está do nosso lado!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Meu Presente De Natal !


Faz três anos que eu não passo o natal e ano novo com a minha família, isso pra alguns pode não parecer muito tempo, mas pra mim é, passei dois anos trabalhando a bordo em um navio com 2000 passageiros, era divertida a bagunça que se fazia  entre os tripulantes afinal  estava todo mundo literalmente no mesmo barco, sem família e trabalhando no dia em que todo mundo esta comemorando,  havia sempre uns comes e bebes em algumas cabines, mas sinceramente passar  festas de final de ano trabalhando ninguém merece, ainda mais dois anos seguidos.
Ano passado passei aqui com o Love, a cerimônia sueca é bonita eles seguem a tradição a risca mas pra ser sincera é muito tempo pra mim, o natal começa dia vinte e quatro por volta das 15hs depois eles assistem o desenho do Pato Donald que passa na Suécia todo 24/12 há mais de 30 anos o mesmo desenho, Piff e Puff, Robin Hood, e a visita a fabrica de brinquedos do papai noel, aí depois de assistir o desenho vem o senta, levanta, comi, troca presentes, senta, levanta, comi e troca presentes, e isso vai até sei lá que horas, ano passado se eu não to esperta teria ficado na casa da minha sogra até o ano novo, acho bonito a reunião familiar mas natal pra mim é outra coisa, eu respeito e mergulho de cabeça na cultura do país onde estou, aprendo sobre os costumes, idioma mas a minha raiz eu não perco não adianta e nem quero perder.
Esse ano será diferente, estou conseguindo realizar o sonho de passar o natal e ano novo junto da minha família, então estou indo AMANHÃ 15/12 PARA O BRASIL, olha que presente maravilhoso que eu ganhei! 
El namoridon  infelizmente não vai poder ir comigo mas está  feliz por mim. 
Vou desejar feliz natal e feliz ano novo pessoalmente pra minha família com muitos abraços e beijos e sem web cam, vou comer o pernil com farofa da minha mãe e além disso é claro usar meu fio dental de laçinho (kkk rindo alto) e bronzear esse meu corpo moreno cheiroso e gostoso nas praias poluídas do canal 6 em santos, bebendo caipirinha no quiosque do Zé ao som de muito pagode.
Ironias a parte estou muito feliz, prometo mandar noticias do lado de lá!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Assim Não Dá !

Desde que comecei meu curso de sueco apesar de todas as dificuldades tenho me animado cada dia mais com o idioma, tenho substituído o inglês pelo sueco em todos os lugares que vou menos dentro de casa.
Eu e o namoridon sempre nos comunicamos em inglês e isso que no começo foi a nossa tábua de salvação agora está se transformando em um problema, eu juro pra vocês que eu tendo falar em sueco aqui em casa, tento conversar e treinar o idioma com ele, mas não tem jeito ele responde tudo em inglês e isso me deixa P da vida, eu fico sem saber se é porque ele não entende o que eu falo ou se ele tem receio de me corrigir toda hora e eu acabar desanimando, eu já disse a ele que prefiro ser corrigida mil vezes a falar tudo errado.
Ele tem aulas de português toda semana eu estudo sueco todos os dias, mas nos comunicamos só em inglês dá pra entender?
Ontem tivemos o julbord da empresa que ele trabalha, julbord é o nome que eles dão para a confraternização de final de ano, é um jantar com todas as comidas natalinas daqui blá blá blá os colegas de trabalho dele sabem que eu estudo há pouco tempo então eles pegam leve comigo na hora de conversar em sueco, nós sentamos ao lado de um colega no qual a namorada também era estrangeira mas falava sueco fluente pois vive aqui há mais de vinte anos, conclusão eu era única pessoa na mesa na qual muitas vezes eles tinham que falar em inglês, nessas horas que eu quero arrebentar a cara dele porque eu sei que a comunicação nesse jantar teria desenrolado muito melhor se nós tivéssemos trabalhado pra isso.
Na família dele é a mesma coisa, quando nos encontramos eles não conversam comigo em sueco porque já se tornou automático eles olharem pra minha cara já começarem a falar em inglês, sei que não é por maldade, mas eu preciso treinar a minha pronuncia e ser corrigida a cada erro pra evoluir no idioma, mas não adianta e eu também já desisti, na escola poucas pessoas sabem que o loves é sueco, prefiro passar por refugiada, exilada a mulher de sueco que só fala em inglês em casa. Ele me ajuda demais com os exercícios, trabalhos que trago pra casa, tem a maior paciência do mundo me dá muita força, mas quando começamos a conversar em sueco depois de cinco minutos ele volta pra o inglês e eu quando vejo já entrei na dele.
São nessas horas que eu preferia não falar nada em inglês e ser obrigada a me comunicar na marra com ele, na mímica mesmo como muitos casais de países diferentes fazem quando não falam inglês e um acaba aprendendo a língua do outro rapidinho porque na hora do aperto a gente aprende até chinês, eu estou dando meu melhor, graças a deus estou podendo só me dedicar aos meus estudos nesse momento e não trabalhar, mas sem praticar fica difícil.
Um dos meus planos pra 2012 será tentar acabar com esse vício entre nós, mas enquanto essa palhaçada daqui de casa não termina eu vou treinando meu sueco com as minhas amigas da Somália, Marrocos, Eritréia, Egito, Chile, Portugal, áfrica... Etc., porque de verdade cheguei à conclusão que santo de casa não faz milagre.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Julskinka



Skinka é uma carne de porco, tipo de presunto defumado é um dos pratos suecos mais tradicionais servidos no natal, pode ser comprado já fervido completamente cru ou pronto pra servir.
Nós compramos fervido e temperamos antes de colocar no forno, como ele já veio pré cozido foi super rápido, aqui vai à receita:

Ingredientes
·         1 peça pré cozida de skinka
·         1 colher de sopa Mostarda
·         1 ovo
·         Farinha de rosca (ströbröd)

Modo de fazer:
Bata a mostarda e o ovo até ficar uma mistura homogênea em seguida pincele a toda a skinka com essa mistura, depois passe na farinha de rosca como se fosse milanesa, coloque no forno por 15 min. a 225 graus sirva frio(mas eu como quente) com batatas e salada.


domingo, 27 de novembro de 2011

Jingle Bell ! Jingle Bell !



Faltando menos de um mês para o natal e já estamos esquentando os tamborins por aqui os suecos adoram natal e nessa época do ano tiram do fundo do baú caixas e caixas com artigos para decoração, o engraçado é que eles não se contentam só com uma arvore e suas bolinhas, a casa inteira tem que estar decorada, no começo achava um exagero, mas agora estou até gostando.
Nessa época o que se come por aqui é lussekatt e pepparkaka com grönmögelost que já está uma briga pra encontrar nos supermercados hoje por exemplo o grönmögelost tinha acabado e o lussekatt que eu adoro só tinha um pacote, antes de dezembro a coca-cola aqui na Suécia perde a vez, eles substituem por uma bebida chamada julmust (genérica da coca-cola) então já deu pra ver que por aqui a tradição é seguida a risca e agora enquanto estou escrevendo esse post e neve está chegando por aqui pra completar a tradição é lógico.
Esse ano não compramos nada de especial para decoração de natal usamos as mesmas coisas do ano passado e fora os enfeites que o loves tem há mais de quinze anos, enfeites que os pais passaram pra ele e seguimos usando, misturando o moderno com o tradicional, o loves que se faz de durão e diz que não liga pra natal arrasou na decoração aqui de casa, acordou cedo e já foi tirando tudo de dentro da caixa e deixando a casa com clima de natalino. Vou mostrar um pouquinho de como ficou pra vocês.

                        Essas estrelas são minhas favoritas
                      
Esse Papai Noel tem só 40 anos, mas cadê a coragem de aposentar o bichinho? E do lado os sapatos do Ramberg de muitos e muitos anos atrás


                              As tradicionais velas suecas
                          
                                     Quase um presepio
                                   

E a neve chegou! Bem na hora que eu estava escrevendo esse post sobre o natal !

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Cobranças

Dias atrás eu estive em uma consulta na intenção de mudar de anticoncepcional, aqui na Suécia (creio que em vários outros países) nesses casos você não é atendida por um médico, será atendida por uma barnmorska, ou seja, uma parteira, elas são enfermeiras que trabalham na área de obstetria e controle de natalidade.
Chegando ao consultório fui recebida muito bem, ela me perguntou o que estava se passando eu respondi que estava precisando de uma receita para comprar anticoncepcional já que o meu tinha acabado, ok respondi aquelas perguntinhas médicas básicas e em seguida ela muito educadamente me disse assim:

Renata você não acha que ao invés de vir aqui pedir anticoncepcional você deveria estar se preparando pra ser mãe? Afinal daqui a pouco você estará com 35 anos de idade e nunca teve um filho!! 

Oremos  ‘’Segurai Ohhh pai, segurai  aiaiaia a minha língua pra não mandar essa mulher catar coquinho na ladeira ’’

Muito P da vida achando ela uma sem noção eu respondi também educadamente porque eu sou muito Phyna:

Senhora, eu, aliás, o casal nós não temos nenhuma intenção de ter filhos agora e se um dia eu mudar de idéia será porque eu decidi que é à hora certa, por enquanto eu quero terminar os meus estudos e encontrar um trabalho, e depois disso tenho outros projetos que não incluem filhos AGORA, mesmo eu gostando muito de crianças.

Tradução=  Não enche o meu saco e escreve logo essa receita!

Aqui é normal ver mulheres com aquela escadinha de filhos + um gato e 2 cachorros, o índice de natalidade aumentou muito nos últimos tempos por aqui, eu não sei se é porque o governo ajuda com dinheiro,escola em tempo integral, licença maternidade de 1 ano e paternidade de quase 3 meses. Até então tudo bem eu acho o máximo quem curte uma família grande, mas o que me irrita nisso tudo é o quanto a sociedade te cobra quando você não se enquadra com a maioria.
As suecas são bem feministas querem direitos iguais em tudo e homem aqui não tem muita nenhuma moral, as suecas têm bem aquele estilo A chefona, entre os casais as tarefas domésticas e educação dos filhos é bem dividida e quando elas decidem ir pra boate bate cabelo o pai fica em casa cuidando da prole, mas mesmo vivendo dentro desse feminismo todo sinto que aqui a pressão é maior em relação a filhos, mais que no Brasil.
Mas digo a vocês meus queridos e milhares de leitores, eu como sou uma mulher arretada e de opinião firme não me deixarei levar pela pressão da colega dona parteira, então caso um dia eu escreva um post anunciando que estou grávida será porque a barnmonstra OPS barnmorska  armou um plano contra mim e me receitou pílula de farinha.

sábado, 12 de novembro de 2011

Meu Aniversário !

Então mais um ano de vida graças a deus, hoje estou fazendo 33 anos e puta que pariuuuu como passou rápido (e não adianta eu tentar fazer a Zen pq não rola, faz 3 anos que to na crise dos 30). Eu não gosto de aniversário fico meio pra baixo tentando analisar minha vida no presente, passado e futuro e sempre acabo me sentindo uma bosta, a auto cobrança aqui é enorme, meu aniversário é a data que mais vou  fundo nas minhas neuras, minha cabeça fica cheia de PODERIA>>>
Poderia ter sido... Eu poderia ter feito... O tempo ta passando  e falta tanta coisa que eu TENHO que concluir ...  Agora estou bem melhor, de uns tempos pra cá estou aprendendo a controlar esse meu lado, dou a volta por cima abandono o papel de vitima de novela mexicana e agradeço muito a deus por mais um ano e por tudo estar bem, o restante é retoque a gente dá um jeito.
Até os 40 tenho certeza que vou estar jóiona, acordando todo 12 de novembro dando bom dia até pra os passarinhos, totalmente resolvida livre dos meus probrema di nervu.
Meu viking me trouxe café na cama e cantou parabéns pra mim logo de manhã, o dia correu calmo almoçamos fora e depois passeamos pela cidade, minha mãe telefonou e falei com o resto do povo  querido no msn.

 
Agradeço a todos os meus amigos que lembraram do meu niver e pelo carinho nos recados e comentários de vocês aqui no blog. Agora vou indo terminar de comemorar meu dia e beber meus bons drinks com el namoridon pra fechar o sábado.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Final De Semana Em Veneza

Esse final de semana tive a oportunidade de retornar a Veneza um lugar que eu adoro, a minha paixão pela Itália é tamanha que essa não e a primeira vez que escrevo sobre isso aqui no blog. Eu tenho um caso mal resolvido com a italia, eu estudei italiano, trabalhei numa compania napolitana por nove meses (e graças a esse emprego conheci cinco cidades desse país) sou apaixonada pela cultura, musica e comida italiana, mas… vivo na Suécia.
Foi uma viagem a trabalho, o loves participou de um congresso no qual eu pude ir junto, e melhor que isso foi que tivemos um dia inteirinho de folga e deu pra aproveitar um pouco.
O grupo era de 40 pessoas, todo mundo animado e super pontual, a viagem foi organizadissima entao mesmo com pouco tempo deu pra aproveitar bem o clima estava horrível, chuva e vento fortíssimo, as excursões tiveram acompanhamento de uma guia, ela era boa, mas falava tantooo e explicava detalhes de cada esquina que passavamos, e gente se tratando de italia senta que La vem historia né? Acho super legal saber sobre a historia do lugar onde esta visitando pela primeira vez, mas particularmente prefiro sair e explorar os lugares sozinha, gosto do mapa e mochila, excursão tira muito a liberdade, isso é minha opinião de maneira alguma estou aqui desvalorizando o trabalho dos guias de turismo.
Veneza estava lotada, as ruas restaurantes e hotéis uma loucura como sempre e os preços caríssimos!!! Quase um... Mãos ao alto vc esta em veneza !
Resisti às compras e a única coisa que gastei foi a bateria da minha câmera e o meu italiano que está ficando cada dia mais enferrujado.





Antes de visitar Veneza consulte a previsão do tempo!





Piazza San Marco alagada




domingo, 30 de outubro de 2011

Cada Um Na Sua

Hoje foi a primeira vez que estive em um batizado aqui na Suécia, e confesso que fiquei surpresa em saber que eles batizam as crianças por aqui, não pelo fato de não ter igrejas, mas sim por elas estarem sempre vazias (quem visita é pra tirar foto) e a única que está sempre lotada é uma evangélica que tem perto do centro da cidade.
 A grande maioria dos suecos que eu conheço são ateus e os que dizem ter religião é somente na teoria então aqui você não vai escutar:

- Ai pelo amor de Deus , obrigada meu Deus , aiaia graças a Deus  ou se Deus quiser....

 A cerimônia do batizado foi linda, individual, é somente para uma determinada família e convidados, o tempo é quase o mesmo de um casamento, mesmo não sendo religiosos algumas famílias suecas ainda seguem a tradição do batizado, casamento e confirmação (ex de uma catequese) que não é obrigatório na igreja luterana. O luteranismo é a religião oficial da Suécia, mas não de todos os suecos.
  • 23% dos cidadãos suecos "acreditam em Deus".
  • 53% "acreditam que exista algum espírito ou força vital".
  • 23% "não acreditam em qualquer tipo de espírito, Deus ou força vital".
A única manifestação religiosa católica que tem por aqui é no dia 13 de dezembro dia de santa Lucia, tradição vinda da Itália que abre as portas para o natal, fora isso não se vê e nem se escuta quase nada sobre religião por essas bandas é cada um no seu cada um e todos se respeitam, mesmo porque o número de imigrantes é enorme, na minha escola, por exemplo, mais de 60% dos alunos são mulçumanos.
Se tratando de expatriados eu não sei o que é mais difícil...

 Morar em um país onde há maioria da população tem uma religião que você desacredita e não é a sua (Onde claro uma hora ou outra vão tentar te converter) ou viver em um país onde muitos nem se quer acreditam na existência de Jesus Cristo, Deus ou qualquer coisa considerada divina.

 Eu tenho esse ditado popular como filosofia...
 Time de futebol e religião não se discute, respeito os Ateus e todas as religiões, mas continuo tendo Deus no meu coração isso independente de religião e país, e CONFESSO que de vez em quando escutar um:
- Fique com Deus, Deus te abençoe e gritar um Graças a Deus me faz um bem danado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...