oncontextmenu='return false'>

domingo, 24 de julho de 2011

A Casa Da Sogra


Acho que a fama das sogras muitas vezes é injusta, talves uma questão de afinidade eu tenho o exemplo dos meus sogros que são excelentes, e minha mãe que trata o Ramberg como um rei, mesmo sem entender o que um diz ao outro eles se entendem muito bem [essa barreira do idioma um dia ainda será quebrada entre nossas familias]
Desde o principio sempre fui muito bem tratada pela família do meu noivo, desde o momento que eles souberam da minha existência até hoje sempre me receberam muito bem e me tratam sempre com muito carinho, sinto que é sincero não é aquela coisa pra agradar o filho ou o irmão, a casa está sempre aberta e o café sempre na mesa com um papo bem longo e gostoso, isso admiro nos suecos... bebem  uma xícara de café enquanto  conversam durante horas  as vezes passa dos limites sem pressa, sem correria , no Brasil perdemos um pouco isso.
Eles não sabiam da minha chegada nós decidimos fazer uma surpresa, cheguei e 2 dias depois fomos fazer uma visita, como eles moram numa fazenda em Uppsala tive bastante lugares pra me esconder enquanto o Ramberg entrava e ia levando os dois na conversa por alguns minutos, então tomo coragem (eu estava com medo da reação deles) toco a campainha, o meu sogro abre a porta


Eu digo assim:

-Hej, tem café aqui nessa casa?



Ele Sr Bengt responde:

-Va, Café (O que?).

Assim... Assustado, em choque,  gritando de felicidade chamando a minha sogra,  os cachorros latindo  uma festa  só  e tudo isso com lágrimas nos olhos gente, todo mundo se abraçando  e chorando de felicidade,   ohh Deus a tristeza da minha despedida junto com a alegria da minha chegada..
Vi o quanto  sou amada, amém.
A seguir chegou uma das minhas cunhadas e + abraços + lagrimas, eles não beijão como a gente, mas eu to nem aí viu?
Vou abraço e beijo essa família que me trata com tanto amor, afinal quem disse que sueco é frio?Quem não gosta de um carinho, um cafuné gente? Nem eles sabem o por que eles são assim mais distantes, o beijo o toque não é uma questão de certo ou errado, somente de costume, na verdade eles são tímidos isso sim.
Não gosto de ficar comparando lá e cá, mas observando se vê que eles não são como nós que já saímos logo dando os três beijinhos que são de praxe, mas eles amam da forma deles, pra o povo da carinha rosa intimidade leva tempo, mas também quando amam sai de baixo viu, porque será pra valer.
Depois de todos os ânimos controlados, marcamos um churrasco e foi tudo de bom, o dia estava lindo, longas conversas combinadas com as nossas gargalhadas, pé na grama, e ouvindo historias de duas pessoas que estão casadas ha 42 anos, totalmente inspirador pra quem
tem só 32 anos de idade.





4 comentários:

  1. Aaaai que coisa mais linda!
    Nada melhor do que saber que a família de quem amamos, nos ama também e pra valer. Eu fico imaginando a cena de você tocando a campainha e o seu sogro abrindo, te olhando assustado, gritando de felicidade com lágrimas nos olhos...

    Deve ter sido mais do que emocionante.
    Você merece renatinha!

    ps: meu namorado foi até o seu assento no avião e disse "Não sei se era ela mesmo, porque a moça que eu vi tinha cabelo amarelo. Mas ela estava dormindo, aí não quis encomodá-la" hehehe

    ResponderExcluir
  2. Que felicidadeeeeeeee!!!! Quem resiste esse carisma hein? Beijooos

    ResponderExcluir
  3. Ola Renata, até agora o povo sueco que conheci sempre me tratou muito bem, me recebendo com todo carinho tb, com a famosa fika rsrs ! Essa troca é maravilhosa, a gente tb vai conquistando à nossa maneira brasileira de ser! 42 anos não são 42 dias, meus sogros tb tem mais ou menos isso! Felicidades! Bjos

    ResponderExcluir
  4. Voce tem muita sorte, mulher!
    Quando voltei do Brasil com o namorido o que achei foi minha sogra com cara de c... que perguntava ao filho, toda arrogante:
    - Como foi la?
    - Maravilhoso! Se pudesse, eu nao voltava aqui.
    - Hunf (erguendo os ombros pra demonstrar despeito) fica là... Imagina que aquilo là è melhor que a ITalia! Nòs somos civilizados!

    Viu a ultima frase? Como quem diz: fica là com aqueles selvagens!

    E quando cheguei em casa, ela tava toda "reorganizada" ao gosto dela, e na mesa, uma camisa que o namorido tinha manchado meses antes e por cima um bilhetinho:
    "Filho, ESTAO manchando suas camisas por nao saberem lavar... bla bla bla" e no final a explicaçao de como se lava uma camisa!

    Esse foi o meu retorno!
    Vontade de matar alguem! E depois namorido me pergunta por que estou stressada!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!
Obrigada pela visita e volte sempre!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...