oncontextmenu='return false'>

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Assim Não Dá !

Desde que comecei meu curso de sueco apesar de todas as dificuldades tenho me animado cada dia mais com o idioma, tenho substituído o inglês pelo sueco em todos os lugares que vou menos dentro de casa.
Eu e o namoridon sempre nos comunicamos em inglês e isso que no começo foi a nossa tábua de salvação agora está se transformando em um problema, eu juro pra vocês que eu tendo falar em sueco aqui em casa, tento conversar e treinar o idioma com ele, mas não tem jeito ele responde tudo em inglês e isso me deixa P da vida, eu fico sem saber se é porque ele não entende o que eu falo ou se ele tem receio de me corrigir toda hora e eu acabar desanimando, eu já disse a ele que prefiro ser corrigida mil vezes a falar tudo errado.
Ele tem aulas de português toda semana eu estudo sueco todos os dias, mas nos comunicamos só em inglês dá pra entender?
Ontem tivemos o julbord da empresa que ele trabalha, julbord é o nome que eles dão para a confraternização de final de ano, é um jantar com todas as comidas natalinas daqui blá blá blá os colegas de trabalho dele sabem que eu estudo há pouco tempo então eles pegam leve comigo na hora de conversar em sueco, nós sentamos ao lado de um colega no qual a namorada também era estrangeira mas falava sueco fluente pois vive aqui há mais de vinte anos, conclusão eu era única pessoa na mesa na qual muitas vezes eles tinham que falar em inglês, nessas horas que eu quero arrebentar a cara dele porque eu sei que a comunicação nesse jantar teria desenrolado muito melhor se nós tivéssemos trabalhado pra isso.
Na família dele é a mesma coisa, quando nos encontramos eles não conversam comigo em sueco porque já se tornou automático eles olharem pra minha cara já começarem a falar em inglês, sei que não é por maldade, mas eu preciso treinar a minha pronuncia e ser corrigida a cada erro pra evoluir no idioma, mas não adianta e eu também já desisti, na escola poucas pessoas sabem que o loves é sueco, prefiro passar por refugiada, exilada a mulher de sueco que só fala em inglês em casa. Ele me ajuda demais com os exercícios, trabalhos que trago pra casa, tem a maior paciência do mundo me dá muita força, mas quando começamos a conversar em sueco depois de cinco minutos ele volta pra o inglês e eu quando vejo já entrei na dele.
São nessas horas que eu preferia não falar nada em inglês e ser obrigada a me comunicar na marra com ele, na mímica mesmo como muitos casais de países diferentes fazem quando não falam inglês e um acaba aprendendo a língua do outro rapidinho porque na hora do aperto a gente aprende até chinês, eu estou dando meu melhor, graças a deus estou podendo só me dedicar aos meus estudos nesse momento e não trabalhar, mas sem praticar fica difícil.
Um dos meus planos pra 2012 será tentar acabar com esse vício entre nós, mas enquanto essa palhaçada daqui de casa não termina eu vou treinando meu sueco com as minhas amigas da Somália, Marrocos, Eritréia, Egito, Chile, Portugal, áfrica... Etc., porque de verdade cheguei à conclusão que santo de casa não faz milagre.

16 comentários:

  1. Oi amiga!

    Não desanime!
    Isso acontece com o Johan e eu também.As vezes começamos a conversar em sueco e parece que automaticamente a coisa muda para o inglês quando saímos do bate papo básico.
    As vezes quando ele diz algo em inglês respondo: "Jag förstår inte" aí ele sabe que é hora de falar sueco.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi ihhh é normal, o meu apredeu um pouco de português e no comeco era assim tb, mas agora q eu já falo um pouco de alemao ele já colabora um pouquinho, precisa ajudar mais né e eu cortar tb, mas vai cortando-o p seu sueco evoluir viu :)

    ResponderExcluir
  3. LOLLLLLL, O SANTO DAQUI DE CASA tb nao foi canonizado nao...kkk
    pois o bendito do meu marido sabe mais português do que eu sei Norueguës, ele estuda meu idioma a 5 anos, eu estudo o dele a 3 meses, ele eh irmao gemeo do seu minha filha, ajuda que eh uma beleza, ma spra praticar eh uuuuuóóóó!!
    Eu simplesmente passei a dizer, ka???( em Norugeuês, quer dizer, am? o quê?) rss quando ele comeca a falar em português, kk dois tempos ele ajudou mais e parou de falar português, EU NAO SEI INGLÊS amiga, e olha pros estranhos me fez muita falta, por exemplo eu nao tinha papo com minha sogra, minha cunhada, por que elas nao sabem meu idioma e eu nao sabia nada do delas, hoje ja nos ligamos, falamos por alguns minutos( eu sendo a WilquiGAGA e elas duas me ajudando, corrigindo em bom tom) entao minha chuchuzinha eh uma fase lhe digo que passa viu? Normal por demais, vc dise algo bem legal vc está fazendo tudo que pode, já já vc aparece com palavra snovas dentro de casa e seu love vai abri maior ZOIAO..hooooo onde vc aprendeu??? e se ele for mesmo como o meu love aqui, vai sentir muito orgulho de vc, vc vai ver....
    O RUIM EH ESSES CABECINHAS DE OVOS....dos nossos maridos quererem aprender português né? ai aprendem mais do que ensinam pra gente.....rss pelo menos o daqui de casa eh assim, vive pergutando o que é isso em português???
    eu digo..diga antes em Norueguês que lhe ensino em português depois....
    esperta eu??? NAOOO MAGINA.....
    BJS..ADORUUUU TU TATU....só pra rimar.. bjs

    ResponderExcluir
  4. Querida Renata!
    Entendo sua situacao, pq vivencio o mesmo em meu lar: sou brasileira, moro na alemanha ha 10 meses, meu marido eh alemao. Estamos juntos ha 4 anos e nosso idioma sempre foi o ingles - tanto ele quanto eu somos fluentes. Diante do fato de morarmos na alemanha e eu estar fazendo aprendizado da lingua alema, percebemos a dificuldade em nos comunicar em alemao. Acredite se quiser, finalmente soltei a lingua gracas ao curso e gracas ao contato com pessoas que soh falam alemao ou que nao tem ingles/portugues como lingua comum.

    Mas continuamos conversando em ingles. No inicio pensamos que poderiamos mudar para a lingua alema, mas eu encontrei um post simplesmente sensacional e esclarecedor que explica esse dilema que tanto você quanto eu e outras estrangeiras experimentamos. Destaco a seguir os trechos, em especial, que foram um verdadeiro balsamo para nos:

    "[...] Por exemplo, quando um casal multilíngue se acostuma a falar entre si em determinada língua antes de ter filhos, eles podem ter grande dificuldade para mudar este costume caso decidam mais tarde que há maiores benefícios para os filhos se eles falarem entre si em outro idioma. Segundo E. Harding and P. Riley em seu livro “The Bilingual Familiy”, é extremamente difícil mudar o idioma (ou idiomas) em que nos comunicamos com alguém uma vez que o hábito é formado. O idioma usado se torna uma definição do relacionamento. Mudar o idioma é como uma negação do passado. Quanto mais profundo o relacionamento, mais difícil é mudar, e muitos casais acham essa mudança impossível. Em teoria não existe nada que impeça essa mudança, mas na prática, segundo os autores, isso simplesmente não acontece [...]

    A citacao a seguir tambem eh deversas sensacional, acerca do equilibrio no relacionamento que se dah atraves do idioma falado:

    [...] De acordo com um especialista em comunicação que conhecemos em um seminário há alguns anos, esse fracasso em mudar o idioma usado entre nós foi um fato positivo para o nosso relacionamento. Segundo ele, eu e meu marido estamos em uma situação de igualdade, pois ambos usamos uma segunda língua para nos comunicarmos um com o outro. Se tivéssemos conseguido mudar para norueguês meu marido estaria em vantagem, porque a comunicação se daria em sua língua materna, enquanto eu estaria usando uma língua da qual não sou falante nativa [...]

    A autora do post eh a brasileira Cláudia Storvik, casada com um norueguês, já morou no Brasil, Estados Unidos, Noruega e há 13 anos vive na Inglaterra. Ela e o marido consversam em ingles, e cada um conversa em sua lingua materna com a filha.

    O blog da Claudia eh o Filhos Bilingues.

    http://filhos-bilingues.blogspot.com/

    O link para esse post fantastico eh esse:

    http://filhos-bilingues.blogspot.com/2010/10/o-sistema-de-ensino-ingles.html

    Entao, querida Renata, minha humilde sugestao eh que voce estude sueco com dedicacao e comprometimento MAS, diante da dificuldade em conversar em sueco com seu marido, minha sugestao complementar eh a de que vc se exponha o maximo possivel a situacoes e pessoas de fora com as quais vc soh possa falar sueco. Eh isso que tenho feito: frequento reunicoes budistas com pessoas alemas e tudo eh naturalmente em alemao, saio com meus sogros, que soh falam alemao comigo, encontro os amigos deles que soh falam alemao comigo. E, como disse, mantenho a lingua inglesa como idioma de casa.

    Peco desculpas pelo comentario gigante, mas esse assunto de blinguimos eh simplesmente fascinante!

    Faca uma visita ao blog da Claudia, leia os posts e comente! Ela eh muito bacana e sempre disposta a esclarecer!

    Um grande abraco e FelizNatal :D

    ResponderExcluir
  5. Rê é assim mesmo ... no comeco vai ser assim mesmo, mas voce tem que persistir ...
    Com o tempo vira rotina voces falarem em suéco! ;)

    Mas eu te garanto que é melhor eles falarem contigo em ingles do que ser igual a minha sogra que só quer falar comigo em noruegues, sendo que eu não falo noruegues!!

    Não desanima não!! ... Logo logo voce tá matracando suéco, voce vai ver!! ;)

    ResponderExcluir
  6. Ai Rê, você já conversou seriamente com ele sobre isso? As vezes ele também não percebe... O mais legal é que você está se esforçando e daqui a pouco tenho certeza que vai estar super bem no sueco e o inglês nem vai mais ser falado! Você está no caminho certo! E conversa com o namoridon... coloque para ele o quanto importante para você é praticar com ele tambem o idioma e não só com seus colegas de curso!
    Boa sorte Rê! beijinhossss

    ResponderExcluir
  7. Rsrs....muito engraçado Re, acho que depois que acostuma a falar um idioma pra trocar fica dificil, fica meio que no automatico...rs.
    Mas vai fazendo força que voce acaba conseguindo!!!
    Bjks!!

    ResponderExcluir
  8. Olha, o que a Jux colocou acima, faz todo sentido. Tem toda uma teoria sobre o aprendizado de idiomas. Conheço casais que falam inglês por hábito mesmo, e ela fala o idioma local também, tão bem quanto o inglês e o português. Há casais que se comunicam em inglês e um fala o idioma do outro em ocasiões onde se faz necessário. Vai levando sem grandes preocupações. Claro que o uso cria o automatismo, mas isso não garante a aprendizagem e a fluência. Sei de casais que mudaram do inglês para o idioma local, mas, depois, a aprendizagem do idioma estaciona porque vc não vai conversar com seu marido em casa sobre a criação do mundo ou sobre a política de prevenção contra a crise mundial no dia a dia. Mas enfim, acho que isso é uma escolha muito, muito pessoal do casal. Até mais!

    ResponderExcluir
  9. Ola, adorei conhecer seu blog, ta cheio de dicas interessantes e me vi muitas vezes em você, temos a mesma idade e passamos pelas mesmas "poderia", adorei. rsrrs Ja virei sua seguidora,assim que puder de uma passadinha la no meu blog, ficarei feliz. beijos

    www.sejaglamourosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi linda, o comentário da Jux acima é muito bom. Pelo que ela escreveu isso é super comum. Então não se chateie e manda ver no sueco fora de casa. Quando ele perceber vc estará arrebentando. Adoro suas visitas! Carinhos florzinha

    ResponderExcluir
  11. ô amiga, olha me sinto mega feliz, saber que vc nao me esquece sabia?
    hoje seu comentario no meu blog foi tao especial, quando vc lembrou de dizer..adoru tu cara de tatu.....rssss só pra rimar....hummmm amei. vc eh espcial por demais sabia?
    chuchuznha dos meus amores...xerao viu?
    bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Ola Renata sou eu sandra linda adoro acompanhar seu blog sempre me ajuda muito!!! Me identico demais com seus posts, pois nao sei se vc se lembra onde vivo na Suecia nao tem brasileiras tampouco latinas entao me sinto so as vezes e com duvidas como essas da adaptacao do idioma e ao ler seu post e seus comentarios vi que nao so eu passo pelo mesmo problema e ate tem varias dicas legais pra tentar melhorar e que com o tempo ele vai melhorar com fé em Deus!!! Beijos e um abencoado fim de semana Sandrinha Hej Då!!!

    ResponderExcluir
  13. Oie Renata, eu imagino a tua aflição, hehe. Eu não falo inglês perfeitamente britânico como o meu noivo e ao invés de me ajudar e corrigir ele faz de conta que entendeu sem ter entendido, eu fico irada, haha. Às vezes eu falo algo que ele não entende e ele diz ok, então eu digo logo "o que eu falei agora" e ele fica sem graça. Menina eu fico virada num samurai, haha.
    vc só vai conseguir aprender praticando e ele precisa entender isso. É com os erros e acertos que aprendemos :D

    bjiimm e ótimo final de semana

    http://meuamorpaquistanes.blogspot.com/

    http://muslimahfashionn.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Querida menina!
    Gostei de ler sua postagem.
    Amei sua perseverança,sua força de vontade.
    Obrigada pelo seu carinho.
    Abraços! Uma linda e abençoada semana pra ti.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Re
    Concordo com que todas acima comentaram, se te ajuda em alguma coisa vou te lembrar que além do nosso português, vc já está falando inglês fluente (coisa que não consigo aprender...qdo fui para os USA passei uns apuros que só por Deus) e agora esse outro idioma que não teve ser nada fácil...menina vc já é uma vencedora afinal está a caminho para ser poliglota...quer mais.

    Uma ótima semana para você!
    bjs
    Rosangela (Brasil)

    ResponderExcluir
  16. Oi Re.. o processo é dificil mesmo. Eu imagino que a escola de idioma sueca seja parecida com a dinamarquesa e voce pode ler la no blog as coisas que me aconteceram.

    O negocio é que é mesmo dificil ter conversa com alguem que só sabe presente (como era meu caso nos tres primeiros meses).

    Eu so fui conversar com o jannick mesmoooo em dinamarques dentro de casa depois que eu tinha acabado a "escola". Serio.

    O que me ajudou a me soltar no idioma foi ter uma mentora. Uma mulher dinamarquesa que me ajudou e muito a me desenvolver. Pq maridos minha filha, tem paciencia nao haha o meu chegava em casa cansado e a ultima coisa q ele queria era tentar me entender em dinamarques.

    hoje eu tagarelo tudo em dinamarques. claro que tenho falhas, problemas disso, daquilo, massssssssssss ja da pra conversar de tudo.


    O processo é lento - infelizmente - e eu acho que antes de seis meses de aula de sueco/dinamarques/noruegues fica dificil pra qq um ter uma conversa mesmo que seja de 10 min.

    Mas fale pra ele da sua vontade de comecar a conversar em sueco. Escolha uma parte do dia: por exemplo, no cafe da manha ou qdo acordar: só conversar em sueco: bom dia, dormiu bem? vamos tomar cafe? bom trabalho e por ai vai... tudo q for relacionado ao assunto: acordar de manha e se preparar pra ir pro trabalho/escola sera em sueco... e ai depois vc vai aumentando um pouquinho as horas do dia em sueco...

    nao sei se deu pra vc entender o que eu quis dizer hahaha qq coisa, escrevo de novo..

    bj

    Ludi

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!
Obrigada pela visita e volte sempre!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...