oncontextmenu='return false'>

sábado, 16 de fevereiro de 2013

E se foram as 30



No dia 12 de fevereiro, terça feira eu fiz a ultima das 30 sessões de radioterapia.
Foram cinco semanas indo pra o hospital todos os dias de segunda a sexta debaixo de neve e de um frio de cortar os ossos, a minha pele ficou em estado de miséria, o pescoço a axila e o colo ficaram bem queimados, eu até pensei em colocar a foto aqui no blog, mas né... Se eu fico com vergonha de ficar colocando foto minha quando eu to bunita, imagina por a foto do suvaco queimado, ahhh melhor não.
O fim dessa radioterapia significa em termos o fim do meu tratamento, das visitas diárias ao hospital, consultas médicas a cada quinze dias e exames de sangue, porém o tratamento hormonal e o controle com exames continuarão por cinco anos que é o tempo da remissão de um paciente de câncer.
No dia da ultima rádio eu não tive aquela sensação de término, de fim, não saí do hospital pulando e nem abri uma champanhe quando cheguei em casa, o único sentimento que eu tive foi de alívio de não ter que ir ao hospital todos os dias e não um sentimento de alegria que eu “acho” que eu “deveria” ter por estar terminando o tratamento.
Talvez isso seja porque eu ando exausta dessa situação e parece que só agora a minha ficha caiu porque até então eu estava levando tudo numa boa e querendo abraçar o mundo,   estudando e até trabalhando durante todo esse período mas digo a vocês que esse gás do  inicio acabou, na verdade eu acho estranho eu não ter me sentido assim no começo desde o diagnóstico até o tratamento,  mas sim agora, é uma sensação parecida com aquela que a gente tem quando não consegue chorar no enterro de uma pessoa que ama, fica aquele nó na garganta.
No meio de uma conversa que eu tive com uma médica que eu nunca vi na vida no dia da minha ultima sessão de radioterapia, pedi a ela que me autorizasse fazer o meu estágio que recomeça dia 24 só meio período, pois eu estava cansada, porém meio período pra mim dava pra conciliar, aí ela vira e diz na minha cara que o meu tratamento já tinha acabado e eu podia sim trabalhar 8 horas por dia e que ela me daria só um mês de atestado de meio período, aí eu respondi pra ela que o tratamento tinha acabado há muito pouco tempo e que o corpo não se reestabelece do dia pra noite após seis quimioterapias e que cada caso é um caso, conclusão: nada feito saí de lá arrazada.
E ainda por cima durante as rádios eu fiquei sabendo que a cirurgia plástica só irá ser feita depois de um ano após o final do tratamento, conclusão n 2: Encarar o espelho até no mínimo fevereiro de 2014, vamos ver, tenho consulta com o plástico dia 22 e vou confirmar isso, oremos.
Como eu não fiquei careca e nem de cama (teria todo o direito de ficar) e nem me joguei na frente de um trem, teve gente que até duvidou que eu estivesse doente, e por diversas vezes tive que ouvir comentários assim:
- Mas a tia da prima do meu vizinho quando fez quimio perdeu o cabelo todimm e passava super mal, mas nossa você nem parece que tá doente!
Sim eu não fiquei careca mas passei mal, porém consegui conciliar o tratamento com todas as minhas atividades e caiu sim minha sobrancelha, cílios, unhas, pentelhos (essa parte eu adorei) e fiquei toda  inchada e feia ta bom assim? E mais outra cada caso é um caso, please.
Os comentários de quem não pensa antes de falar:
-A mas vc tirou SÓ um quadrante da mama a minha mãe tirou a mama inteira!
Sim eu tirei só um quadrante mas perdi o bico do meu seio e não tem cirurgião plástico no mundo que vai fazer outro igual.
Também tem os comentários gurus espirituais:
-Você sabia que câncer é coisa de quem guarda mágoas? Você tem que aprender a perdoar e não guardar rancor.
Ahhh má vá para la mierda!Quem no mundo é 100% puro e santo de coração? E as crianças de 4, 5 anos que tem câncer, elas também guardaram mágoas e não sabem perdoar?
 Num guento..
E os comentários nutricionais:
-A pessoa que teve câncer não pode comer açúcar, carne, sal, beber álcool, não pode ficar stressado, tem que fazer exercícios diariamente e tomar 3 litros de chá verde por dia, sim muito tchááá.
Sim, eu já li sobre uma mulher que teve câncer e decidiu ir pra índia, passou a vida fazendo yoga e meditação e estava livre da doença há mais de trinta anos, ótimo pra ela, mas pra mim não róla, odeio curry.
No meio dessa história toda eu percebi que não tenho vocação pra vítima e nem pra doente e sabia que quanto pior eu ficasse mais a minha mãe e o namoridon sofreriam, da mesma forma que eu sofria quando via que eles estavam tristes, então todo mundo foi se fazendo de forte e ajudando um ao outro e nisso o tempo foi passando e já se foram 6 meses, na minha opinião alimentar a doença só faz ficar pior o que já está ruim.
Talvez não seja só o tratamento em si, mas esses tipos de comentários e toda a situação no geral tem me deixado de saco cheio, ou quem sabe eu tenha pirado de vez mesmo, sei lá, mas como hoje é sexta e eu não abri aquele champanhe na terça feira, vou beber uma taça de vinho e brindar a vida porque apesar de toda as dificuldades viver é muito bom, pena que as vezes a vida precisa nos pregar um susto pra gente começar a enxergar isso.

36 comentários:

  1. Renata, parabéns! Você venceu mais uma etapa!
    Olha, esses tipos de comentários sem noção o povo faz em qualquer situação, mas em momentos especiais estamos mais sensíveis e acabamos ficando mais chateadas, revoltadas e indignadas com eles, mas ó... Não se abala não, faz o que você acredita que tem que fazer e deixa os Joselitos (pessoas sem noção) pra lá!
    Beijo enorme

    ResponderExcluir
  2. Renata,

    não tenho Complexo de Pollyanna, mas fiquei feliz em saber que essa etapa acabou.

    Quanto a falta daquele gás do início ou o saco cheio, você não tem que dar esclarecimentos para o mundo. Ninguém estava na sua pele! E como diz o ditado: "pimenta no ... dos outros é refresco"

    Curta a sua champanhe e brinde o que você quiser :-)

    Bjs,
    Lu

    ResponderExcluir
  3. Filha,graças a Deus que terminou todo esse processo que realmente não foi fácil para vc,de ter que ir e vir diariamente de um hospital. Você venceu uma batalha mesmo faltando forças mas nunca a fé porque vc tinha e tem muitas pessoas que rezaram,choraram por você,pessoas que você nem conhece e fizeram parte dessa corrente da sua cura.Você é muito amada e todos torceram muito por você ,como lhe falei ,desde que vc nasceu vc foi meu alicerce,minha parceira,tudo eu penso em vc, minha Xtudo....kkkk, a vida tem que ser comemorada sempre, o ano está te esperando para você ser feliz,te amo.

    ResponderExcluir
  4. Renata, lindo desabafo! Valeu mesmo o exemplo de superação que você é. E você falou uma coisa que eu (particularmente) acho sensacional: " As vezes a vida precisa nos pregar um susto pra gente começar a enxergar que é muito bom viver ".
    Tome um golinho por mim que estou e estarei sempre torcendo por você.
    Bjs
    Manoel

    ResponderExcluir
  5. Rê, fico muito feliz que você concluiu o tratamento e essa etapa já passou.
    Lindo post! Que Deus continue te abençoando a cada dia! Torço por você, e quero o seu bem!
    Nem dê ouvidos para gente estúpida e ignorante que fizeram aqueles comentários cretinos. Nem perca seu tempo com isso.
    Você venceu essa etapa e merece comemorar. Deus é bom!
    Um beijo minha querida!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns linda, uma etapa importante vencida...As pessoas tem a mania de opinar sobre tudo, alguns nem é por mal, outrosé com maldade mesmo...mas faz parte da vida....bjs sucesso nos momentos q virão

    ResponderExcluir
  7. Renatinha,
    Concordo com vc, na vida temos escolhas de "se entregar" ou de "batalhar" e vc enfrentou a prova que a vida te deu. Imagino que nao deva ter sido facil, mas terminou! E agora è continuar e logo logo vc vai poder fazer a reconstruçao e tudo vai ficar melhor ainda.
    Que guerreirona que vc è, admiravel, uma mulherzona com ONA maiusculo!!!
    Tenho certeza de que Deus nao desampara jamais os seus.
    Um beijo e manda essa gente idiota "Talk to your hand!"
    Deus te abençoe SEMPRE.

    ResponderExcluir
  8. Renatinha, você encarou tudo de uma maneira tão positiva, mesmo passando por momentos difíceis que sabemos que você passou. Fico muito feliz mesmo por você, por saber que essa fase passou e agora você poderá retomar os seus planos. Cada um é que sabe o tamanho da batalha que tem que travar e as pessoas poderiam ter um pouquinho mais de semancol antes de abrirem a boca para comentar do que não sabem. A India tb não me atrai, não pelo curry, que eu adoro, mas acho lá tão sujoooo...hahahahahah. Bjs linda!!!!

    ResponderExcluir
  9. UAU !!! Quanta coisa ao mesmo tempo Renata ! Mas vamos por partes né ? Que bom que mais um ciclo se fechou e que bom que o próximo está começando e se Deus quiser, vai ser tudo tranquilo.
    Isso sobre nó na garganta eu entendo muito bem , sempre fico assim, ás vezes até quero chorar mas não sai nada, é uó !
    Médica dando demonstração grátis de frieza, insensibilidade e mediocridade foi legaaaaaallll prá caramba hein?! Valeu doutora por mostrar que de médico e louco todo mundo tem um pouco, no caso dela, me pareceu que a porção de louca foi dobrada. É como eu sempre digo: " gente feia é fogo " (me refiro ao interior da pessoa).
    O comentário do povo é uó também! Em todo lugar tem um espiríto de porco né? É impressionante como tem gente que tem a capacidade de perder tempo fazendo comentários desnecessários. Lavar um tanque de roupa na mão e carpir o quintal debaixo do sol ninguém quer né? Mas quer saber? Mostra prá esse povo que você é e está beeeeem acima de tudo isso. Ignorar faz milagres sabia ?
    Enfim, feliz por você, ainda tô na torcida e ainda peço muito prá Deus te guiar nessa situação. bj bj bj Lana

    ResponderExcluir
  10. Ola Renata, tudo bem??? Fiquei muito feliz de saber que voce esta melhor e conquistou essa luta de cara erguida, por que como dizem: "Sou brasileira e nao desisto nunca". Nao de atencao a esses comentáriozinhos ipócritas e dramáticos. Nao importa onde alguem esteja ou em que situacao, seja sempre voce, seja corajosa e tenha sempre fé em Deus e pronto. Desejo muita saúde e que essa danada nunca mais volte.
    Obs:.Eu ja vi na tv pessoas que refiram o bico do seio no cirurgiao, ou entao procuraram um tatuador prfissional e ficou realmente igualzinho, dá uma pesquisada lá se quiser.
    Mas se lembre que todos nós somos perfeitos como somos e por isso, especiais.

    ResponderExcluir
  11. Re!
    Você esta certa amiga.... acho que teria um comportamento parecido com o seu...
    O que importa agora que você ficará livre dessas sessões e hospital...
    Etapa vencida!!!
    E a vida continua pra você, pra mim... pra quem esta VIVO! isso que importa agora...
    Planos, sonhos são esses os objetivos pra TODAS nós...
    Adoro você e aprendi muito com seus posts nestes meses e admirei você ainda mais... LINDA você é, mas seu coração é ESTUPENDO de lindo...
    beijos com muito carinho!!!

    ResponderExcluir
  12. Acabou! Estou muito feliz por você e espero que a recuperação final agora seja rápida para você ficar com aquele gás todo para estudar, trabalhar, namorar, viver, conquistar, viajar, inovar e ect etc etc!

    1000 Beijos para você vencedora!

    ResponderExcluir
  13. Hej Renata, te digo que você é uma pessoa vencedora e forte, ter passado por tudo que passou e ter levado do jeito como você escreve que passou é comportamento que poucos tem, e que muitos deveriam ter, sua postura é um exemplo. Sua recuperação será ótima, e creio que você tem uma torcida enoooooooorme te apoiando nesse momento e dísponivel para ajudar. E agora cada dia será melhor e você olhará para trás e verá que essa fase foi só para construir uma Renata mil vezes mais forte.

    ResponderExcluir
  14. Renata, desabafou mesmo, hein?? Como tu é forte, menina! Tu é tão forte q me deixou pra cima!
    Esse povo que NÃO tem cancer e fala besteira, fala pq n aprendeu ainda que de boca calada eles até podem "se passar" por pessoas boas. Deixem falar. A gente da o que tem, querida! VC foi uma vencedora do começo ao fim. Lutadora, esforçada, cheia de fé! Uma mulher com M maiúsculo!
    Deu até vontade de celebrar a vida (eu ando meio pra baixo). Hoje e todos os dias! Obrigada pelo posto LINDO!

    Boa sorte com a cirurgia plástica! Vai dar td certinho! Tenho certeza!!!
    Beijo, beijo,

    Rebeca
    xoxo

    ResponderExcluir
  15. Querida, o que dizer? Você enfrentou tudo com muito discernimento, sabedoria e, o principal, a fé em Deus! Você não esmoreceu, não fraquejou! Sabe aquela frase de caminhão? "A gente capota, mas num breca".... é o lema! rs Não é fácil passar pelo que você passou, tratamento pesado, espera, esforço, foco. Agora é ir retomando a sua vidinha aos poucos sem pressa, ou melhor, pressa só pra ser feliz! Continue se cuidando bem. As coisas vão acontecer de acordo com o tempo que tem que ser! Bjs e parabéns por esta vitória!!!!

    ResponderExcluir
  16. Renata, to passada que alguém faz esse tipo de comentário.
    Parabéns pela sua força e coragem de enfrentar tudo isso olhando pela perspectiva da cura e recuperação. Muita mais força e sucesso no seu tratamento.

    bejos

    ResponderExcluir
  17. Só agora conheci seu blog...e que guerreira, hein? Longe de casa, dos queridos, do sol do Brasil,do seu povo e agora esse cancer? E ainda escutar todas essas besteiras...nem ligue linda, pessoas são assim mesmo sem noção, faça o delicioso mantra "Foda-se, foda-se, foda-se " e vá ser feliz

    ResponderExcluir
  18. Renata, de novo preciso falar: mesmo P da vida, você é puro astral! E é isso que importa... Para algumas pessoas as vezes é difícil entender que tem gente que não se abate, que mata os problemas no peito, encara tudo da forma mais positiva possível. São essas pessoas que fazem esses comentários infelizes...Mas releve, e agradeça por não ser uma delas!

    ResponderExcluir
  19. Re, falou e disse! Gente assim negativa tem em todo o lugar. Ninguem eh igual, nenhum corpo reage da mesma maneira que outro em uma situacao semelhante... e tem muita gente com mania de comparar um com o outro e deixar a gente pra baixo, como se a gente TIVESSE que ficar ruim pra eles acreditarem que estamos doentes. Eu tenho que escutar do meu proprio marido que eu "nao tenho nada", das pessoas ao meu redor dizendo que "ta tudo na minha cabeca". Eh complicado sabe? Eu estou lidando com aquele mesmo problema (dor da cabeca, garganta, boca, pescoco, ouvido do lado esquerdo) e soh agora finalmente uma neurologista me pediu pra fazer uma ressonancia e uma tomografia pra ver o que esta causando isso. Confesso que estou com muito medo, ha sim a possibilidade de ser um tumor pressionando nos meus nervos causando essas dores. O medo tem tomado conta da minha vida, e juro que por mais que eu tente nao consigo Nao pensar. Mas venho aqui sempre que da buscar forcas nos seus posts, ver o quanto voce eh forte e mesmo quando ta se sentindo pra baixo se poe pra cima. Vou tentar me apegar na possibilidade menos perigosa, de ser apenas uma arteria pressionando os nervos (neste caso tem uma cirurgia pra afastar um pouco a arteria dos nervos), entao eh pra isso que vou rezar porque. Continuo te admirando e torcendo por voce viu. Um beijo enorme

    ResponderExcluir
  20. Olá Renatinha!
    Olha, eu fico tão emocionada com os depoimentos de sua mãe... Tenho o "Fiotão" com 27 anos, por isso entendo bem o lado dela. A distância, mesmo com tecnologia, a preocupação, a vontade de acalentar fisicamente.
    Esta vitória é tão dela quanto sua. Parabéns às duas vencedoras!
    Abraços caipiras.

    ResponderExcluir
  21. Eu fiquei muito feliz por voce, ano passado comecei a pesquisar sobre brasileiros aqui na suecia e acabei encontrando o seu blog, acho que escrevi pra vc apenas 2 ou 3 vezes mas de vez enquado eu venho aqui , e quando li hoje no face sobre o termino do seu tratamento eu fiquei MUUUUITO feliz, me senti aliviada por vc. Eu pensei que vc tivesse cancer a mais tempo, por mais de 6 meses, mas isso nao importa, o importante é que agora vc ta livre de ficar indo pra hospital direto. PARABENS!!!!
    Rúbia R.

    ResponderExcluir
  22. Renatinha primeiro parabens por ter terminado mais uma etapa =)!!! Segundo parabens por ter sido tao forte e ter encarado isso tudo de uma maneira positiva e ter se esforcado para nao ficar pra baixo e nem deixar a peteca cair. Infelizmente ta cheio de gente ruim e negativa em todo lugar, e fora que nao falta gente pra opinar na nossa vida ne, o que falta e gente pra ajudar a pagar as contas, mas tudo bem. Voce fez o melhor que podia fazer, ignorou agora desabafou e a vida que segue. Talvez seu desanimo e cansaco agora seja parte natural do seu tratamento, afinal nao foi facil passar por isso tudo e esse cansaco e ate normal de se sentir. Boa sorte com a consulta para ver sobre sua plastica e tomara que voce consiga fazer antes de 2014. To aqui na torcida e admirada por sua positividade e forca =)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Eita Rê! Que bacana que acabaram as radioterapias. Uma fase conquistada! :-) Vc citou os comentários q as pessoas fazem e lembrei de um comentário q fiz à vc sobre uma foto sua... Nem sei se foi estúpido, mas apesar de toda sua luta, vc está muito mais bonita! Acho que situações difíceis nos tornam uma Fênix! Parabéns! E que Deus continue te abençoando e te fortalecendo a cada dia! Beijoooooooooooo

    ResponderExcluir
  24. Oi minha linda, isso tudo passa e vai ficar somente na tua lembrança, não perde nunca teu otimismo, nem tua força. Que tem planos e meta sempre saem vencedores. Meu irmão teve e fez esses terríveis tratamento e hoje está muito bem. Já faz 15 anos, ele também ficou com a pele queimada, mas passa e tu vai voltar ao normal com uma pele tão bonita quanto antes. Ele tomou um chá, da babosa que um padre, aqui distribuía, vou perguntar o nome.
    Mas o melhor tratamento e o pensamento positivo. Te desejo tudo de bom e sucesso em teu tratamento.
    Bjos e tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  25. Oi Rê, fiquei muito feliz em saber que seu tratamento terminou! Tenho orado por ti!
    Não ligue para esses comentários idiotas, só voce e sua família sabem o quanto tem sido dificil pra voces!

    Beijão

    ResponderExcluir
  26. Parabéns por terminar essa etapa! Não se preocupe por não ter aberta aquela champagne no dia, você vai ter muito tempo para come(bebe)morar!
    Mulher você é muito forte, viu? Fazendo tratamento e trabalhando e estudando... WOW! Botou muita brasileira que mora fora no chinelo, viu? Parabéns pela garra e logo você vai colher os frutos de tudo que você está plantando... Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida ta ai pra isso ne marcela?
      Obrigada pelo carinho.
      Bjoss

      Excluir
  27. Oi Renatinha, fico muito, mais muito feliz por ti, mais uma etapa terminada. Não esquente com os faladores de plantão, os universitários que sabem de tudo... esquenta não! Vamos brindar a vida, essa sim é importante.
    Beijos, beijos e mais beijos.

    Tim Tim á vida.

    ResponderExcluir
  28. Renata, estou feliz por esta etapa ter terminado.
    Sua força e carisma são contagiantes.
    Sou fã desse espaço e sempre me sinto bem com toda a boa energia que você passa.
    Muito sucesso sempre!!

    ResponderExcluir
  29. Hi Renata, how are you? Nossa que legal, vi que voce foi me visitar la no meu blog e vim retribuir a visita. Achei seu blog tao legal. Eu adoro conhecer brasileiros que possa compartilhar suas experiencia pelo mundo afora. E como se estivessemos viajando tambem e conhecendo outras culturas. Valeu te visitar, agora e so trocarmos figurinha. beijokas

    ResponderExcluir
  30. Renata, conheci seu blog logo que você descobriu o câncer, e saiba que fico muito feliz por ter acompanhado sua trajetória e luta até aqui. Já disse isso e digo mais uma vez: você é mais do que vencedora por ter encarado tudo isso da forma que fez! Que Deus continue abençoando sua vida! E quanto aos comentários.... Deixa entrar por um ouvido e sair pelo outro! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  31. Oi Renata! Demorou mas vim cá desejar os parabéns pelo final dos seus tratamentos, agora começa um novo caminho e eu desejo muita felicidade para você.
    Há gente muito sem noção mesmo... Se não sabem o que dizer não digam nada... A minha irmã, que tal como vc teve cancro também ouviu comentários muito infelizes das pessoas. Acho que nunca vou entender essa gente. Não deixe que ninguém retire valor à sua luta nem à beleza de VENCER essa bosta de doença.
    Beijos sua campeã!!

    ResponderExcluir
  32. Renata 'e normal voce se sentir assim,voce ja 'e uma vencedora,voce nao tem pena de si mesma e sempre vai a luta e mesmo que as vezes voce se sinta triste ou com raiva voce tem o direito de se sentir assim,fico muito feliz que as sessoes de radio tenham acabado,continue firme que todas nos estamos torcendo e orando por voce e nao ligue para essas pessoas sem nocao que acham que voce deveria estar sentindo pena de si mesma,existe pessoas com a saude otima e vivem a merce da infelicidade simpesmente porque nao tomam uma atitude de serem um pouquinho melhores,entao elas ficam com raiva porque voce passou por tudo isso e continua de pe lutando e dando mais valor a vida,sempre tera alguem para meter o bedelho na nossa vida e essas atitudes so nos mostra o quanto essas pessoas nao tem o que fazer de suas vidas.
    DEUS abencoe voce e creio que voce ja 'e uma vencedora,em nome de JESUS!!!Bjao sua linda :*

    ResponderExcluir
  33. Parabéns pela força e superação, Renata!
    Linda sua história

    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  34. Oi Renata, eu li seu post quando você postou, mas só agora tive um computador direito pra poder vir comentar. Poxa, que bom que o tratamento acabou! Fiquei muito feliz por você. Como você está agora, você tem se dado bem trabalho só meio período? E muito ridículo os comentários dessas pessoas que nao acreditam que você está doente, você nao tem que provar nada pra ninguém, só você sabe o que você passou. Você é uma guerreira!!!

    beijos e tudo de bom pra voce!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!
Obrigada pela visita e volte sempre!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...