oncontextmenu='return false'>

sexta-feira, 14 de junho de 2013

O barato que saiu caro

Eu estava toda feliz da vida pois tinha encontrado uma promocão para arrumar meu cabelo com quase tudo que tinha direito e por um precinho bem camarada(Kr 550,00 mechas, corte, sobrancelha e um retorno)
Chegando no local veio uma senhora muito simpática me atender mas pelo o que eu percebi ela não sabia fazer mechas no papel alumínio e chamou o cabeleireiro estrelo dono do salão, logo de cara eu já senti que ele tava puto da vida em ter que fazer meu cabelo e já chegou bem grosso falando assim:
-Seu cabelo não vai sair pelo preco que vc pagou pois as mechas que irei fazer será obrigatório tonalizar no final e só a tonalizacão custa Kr 700,00 (Rs 250,00) e se vc não fizer a tal da tonalizacão eu NÃO vou fazer o seu cabelo e vc pode ir embora que eu te devolvo o teu dinheiro, assim na lata.
Vejam bem nós tinhamos dirigido 40 min pra chegar até lá, iriamos encontrar um casal de amigos depois e além do mais o meu cabelo estava feio pra caramba e eu precisava dar um jeito.
Eu respirei fundo, bem fundo mesmo sabe e respndi:
-Fulano da calca centropeito eu só vou pagar caso vc me mostre se o cabelo tem realmente tem necessidade, e outra na internet vcs não dizem nada que a pessoa não terá opcão de escolha e será obrigada a fazer como vc quiser, tipo dá ou desce.
Ali já ficou claro que ele queria tirar a barriga da miséria e que a promocão que eu tinha pago era mesmo uma furada e que eu tinha me ferrado.
Enquanto ele fazia o meu cabelo ficava fazendo umas brincadeirinhas bem babacas, tipo:
-Eu só vou fazer o seu cabelo porque a selecao brasileira de futebol é minha favorita !
-Da onde eu venho é segredo mas só pra vc eu conto que eu nasci no Líbano!
Blablablablabla
É lógico que eu tava ficando de saco cheio mas tipo...era sábado, o dia estava lindo, era o casamento da princesa da Suécia e logo depois nós iamos passear então eu fui controlando até onde deu.
Assim que ele comecou a tonalizar o meu cabelo (sim teve que tonalizar porque ficou laranja) já foi dizendo que era pra eu voltar outro dia qualquer pois não dava tempo pra fazer mais nada que já estava marcado e pago e que se ele soubesse que meu cabelo era "daquele jeito" traducão=pixaim, ele jamais teria marcado horário pra mim num dia de sábado dia que ele tinha pra ficar com os filhos dele em casa.
Foi aí que eu levantei virada no samurai e saí dando voadora nele, disse que tudo aquilo que ele estava fazendo era só pelo simples fato de eu não estar pagando o valor integral, que a promocão que ele fez foi pra enganar o povo e que se ele quisesse ficar em casa aos sábados que arrumasse uma outra profissão e o babaca rebatendo dizendo que tudo era culpa minha pois tinha muito cabelo, o pau quebrando os dois falando alto, o salão tava até parecendo o programa do ratinho e namoridon sentado no sofá assistindo sem fazer nada.


Eu me senti tão humilhada diante das outras pessoas que estavam lá, todo mundo saindo bonitinho e eu lá secando a minha juba sozinha de qualquer e tendo que bater boca por uma coisa que ja estava paga e era minha de direito e na época que eu trabalhava em salão eu jamais fiz isso com nenhuma cliente minha,
Na hora que eu saí tive que pagar a tonalizacão e ainda por cima o cara de pau tentou me vender produtos vcs acreditam?
Resumindo, eu saí de lá assim:
Lógico que no caminho sobrou pra o loves!
Eu: E tu nem pra me defender né seu "#@$£&%#/&!!
Dalai Lama, ops...namoridon: Ahh meu amor mas você se defendeu tão bem... e outra eu falei pra vc que o barato sai caro mas vc não aprende.
Sim ele samba na cara do meu sangue quente e eu até hoje eu não consigo entender de onde vem tanta indiferenca da parte dele diante de certas situacões.
Na segunda feira escrevemos um email para o Groupon e na página do Facebook eu nao fui a unica que reclamou desse salão, teve uma moca dizendo que se recusou a pagar o valor a mais que o golpista estipulou e ele trancou a moca lá dentro.
O pessoal do Groupon  pediu mil desculpas e juraram que vão me reembolsar o valor em outros servicos, veremos.
Então minha gente o mestre dos magos adverte :Quando a esmola é demais desconfie até do santo!

terça-feira, 4 de junho de 2013

Vamos dar uma voltinha?

Quando eu mudei pra Suécia namoridon morava num apt bem lindinho mas tinha um problema, era afastado de tudo e isso pra mim era a morte pois eu ficava muito tempo sozinha em casa e não passava nem uma mosca pela rua, pra buscar um pão no mercado tinha que andar mais ou menos uns 20 minutos.
Pra muitos essa é a descricão do paraíso, silêncio e tranquilidade mas pra mim era o fim do mundo viver naquele marasmo pois morei a minha vida inteira em bairros movimentados ( leia-se litoral paulista em época de temporada) então buzina, cachorro latindo e agitacão faziam parte da minha vida e eu adorava isso.
Eu tentei me adaptar a essa "tranquilidade" mas não teve jeito, ao invés disso eu estava ficando deprimida, talvez hoje em dia seria diferente mas na época foram muitas mudancas de uma só vez, foi então decidimos mudar pra um lugar mais "agitado", eu conto o sufoco que foi AQUI.
Essa foi uma das melhores decisões que nós já tomamos juntos pois a minha vida mudou e eu recuperei as minhas origens de mulher da cidade respirando ar poluído novamente.
Eu voltei a ter tudo próximo de casa, posto de saúde, supermercado, restaurantes e tudo isso com bastante natureza em volta mas.... em compensacão ganhei um vizinho que não para de pular no apt de cima, outra vizinha que quando rega as plantas molha todo o meu terraco e uma lavanderia sempre cheia.
Essa é uma prova viva que não se pode ter tudo nessa vida, o segredo é tentar sempre ser feliz com o que se tem de positivo, e querem saber de mais uma? Adoro daqui mas não vou mentir que de vez em nunca bate uma saudade lá da roSSa rsrs mas voltar nem pensar.
Fiquem a vontade para dar uma voltinha por onde eu moro e conhecer os lugares por onde eu passo todos os dias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...